top of page

Portaria facilita a Prova de Vida para aposentados e pensionista do INSS


Portaria assinada hoje, pelo Ministro do Trabalho e Previdência, muda as regras da prova de vida para aposentados e pensionista.


Para quem não sabe, quem recebe algum benefício do INSS deve comprovar todos os anos que está vivo. Essa comprovação se dá através da ida na agência bancária que recebe o benefício ou em alguns casos, no próprio INSS.


Caso o aposentado ou o pensionista não faça a prova de vida, seu benefício pode ser cortado temporariamente.


Durante a pandemia, a prova de vida ficou suspensa para evitar a aglomeração nos bancos, especialmente por grande parte dessas pessoas serem do grupo de risco.


Com a nova portaria, essa prova de vida passa a ser responsabilidade do INSS, ou seja, o aposentado e pensionista NÃO precisará mais ir ao banco.


O INSS tem até 31 de dezembro deste ano para se adequar. A prova de vida será feita automaticamente pelo cruzamento de dados de diversos sistemas do governo, como o de controle de vacinação, SUS, votação nas eleições, renovação de CNH, emissão de carteira de identidade e passaporte, aquisição de empréstimo consignado, entre outros.


Caso não conste atividade do aposentado ou pensionista nestes sistemas, o INSS irá notifica-lo para que realize a prova de vida de forma eletrônica. Neste caso, muito cuidado com os golpes.



Comments


bottom of page